Flavio Cruz

A mulher e as quatro estaš§es

A mulher e as quatro estações

Ela é a mulher da primavera,

cheia de flores, cheia de perfume,

cheia de cores, cheia de alegria.

Ela é a mulher do verão,

cheia de amor, cheia de desejo,

se entrega, é de todo desejada.

Ela é sim a mulher do outono,

gerando seu fruto precioso,

cheia de todo amor, cheia de dor.

Ela é a mulher do duro inverno,

cheia de genuína ansiedade,

cheia de medo e preocupação.

Ela é mulher, somente mulher...

E junto com ela, sempre, seu homem.

Na primavera ele admira sua cor,

vem e sente seu doce perfume.

No verão ele sacia seus desejos,

completa suas formas de mulher.

No outono, ele protege seu fruto,

cuida, com cuidado, de seu rebento.

No inverno, ele aquece sua alma,

conserva de seu corpo o calor.

Ele é seu homem de verdade,  

o homem de todas quatro estações...

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Flavio Cruz.
Published on e-Stories.org on 07/05/2021.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "Love & Romance" (Poems in portuguese)

Other works from Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:


Estou sempre me perdendo - Flavio Cruz (Love & Romance)
Feelings...❤️ - Ursula Rischanek (Love & Romance)
Le isole della pace (▄bersetzung von Inseln der Ruhe) - Ursula Mori (Life)