Flavio Cruz

Divagações sobre a luz das estrelas

Há estrelas tão distantes que sua luz ainda não chegou até nós. Há outras que mandaram sua luz há tanto tempo, que ela já chegou, mas elas mesmas - as estrelas - já nem existem mais. A luz de outras está viajando, elas já não existem mais e, quando ela - a luz - chegar, nós nem mais vamos estar aqui para ver. Existem estrelas que apareceram antes mesmo de nosso planeta existir e ainda estão lá. Sua luz partiu, não chegou, nós nascemos, vamos morrer, e ela ainda não vai estar aqui.
Há, no entanto, uma luz bem perto de nós.  A nossa estrela, o sol. Sua luz chega em 8 minutos e 19 segundos. E, quando estamos cansados, ela se apaga para podermos repousar.
Vivemos, dia a dia, dessa luz amiga que nos aquece e nos ilumina. As outras, lá no céu escuro, distantes, foram feitas para sonhar...

 

 

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Flavio Cruz.
Published on e-Stories.org on 03/12/2016.

 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

Does this Poem/Story violate the law or the e-Stories.org submission rules?
Please let us know!

Author: Changes could be made in our members-area!

More from category"Philosophical" (Poems)

Other works from Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:

Labirinto - Flavio Cruz (Philosophical)
A special moment - Helga Edelsfeld (Philosophical)
Dans mon lit - Rainer Tiemann (Love & Romance)