Flavio Cruz

Dores


Dores

Mede a pressão,
conta as batidas,
ouve o coração...
Dói muito aqui,
dói ali também?
Segura bem o ar,
agora solta a respiração...
O doutor pensa um pouco,
rabisca uma receita.
Esse aqui é para isso,
aquele ali é para aquilo...
Um de manhã, outro à noite!
Esse, porém, só quando sentir dor.
Tudo pronto, tudo certo...
Agora é só se cuidar!
E aí, doutor?
E minha alma, suas dores?

Para elas não há remédio, não?

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Flavio Cruz.
Published on e-Stories.org on 12/02/2021.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "Life" (Poems in portuguese)

Other works from Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:


Uma caixa de mil segredos - Flavio Cruz (Life)
Die Stadt an drei Flüssen - Paul Rudolf Uhl (Life)
Good bye - Jutta Knubel (Emotions)