Antonio Justel Rodriguez

POESIA: construção de fogo




 
… Entre luzes intensas eu engendro este poema;
as chamas cerebrais que sinto entrar no coração e feri-lo, transcendê-lo;
Como pôneis de luz na Net, as palavras cavalgam;
... um poema é puro fogo,
um sol devorador que só a água viva mede e caminha;
... Quando o espírito queima o ser e nele declara as forças e poderes queimando,
irremediavelmente a alma enfrenta suas mortes prematuras e conflagrações de deuses,
e grandes concertos de sons invocando em acordes os primeiros frutos do mundo;
... esta noite, seja meu, tenha você mesmo e venha renascer novamente,
seja corajoso e construa um deus da água e do fogo, levante-se e lute, ensine-o a nascer.
***
Antonio Justel Rodriguez
https: //www.oriondepanthoseas
***

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Antonio Justel Rodriguez.
Published on e-Stories.org on 12/11/2021.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "General" (Poems in portuguese)

Other works from Antonio Justel Rodriguez

Did you like it?
Please have a look at:


TEMA D'AMORE PER UNA BALLATA TRISTE - Antonio Justel Rodriguez (General)
Birds of Paradise - Inge Offermann (General)
Late realization - Rainer Tiemann (Friendship)