Antonio Justel Rodriguez

ELA E ELE


... Na limpeza íntima em que eles queimavam, o mar podia ser ouvido;
Eles foram à noite como em brilho de Nimbos,
como se em ouro que escapassem de um templo de corais
e Anoononas do Sul, e alto a cintura e o visual:
a flor do coração;
... que lírios e sílica de rosa emitiram luz;
Ah, então, o conclave do céu,
Ah, sua moeda em chamas, ah, ah seu selo e seu poder!
... juntos eles vieram de todos os tempos e dor,
Todos os cantos e molicias, ações e tremores,
para esta convenção de amor;
... Na hora exata, o anjo da morte os viu sair;
Seu ser, de amor e ar, era uma brisa ardente.
***
Antonio Justel/Orion de Panthoseas
https://www.oriondanthoseas.com
***

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Antonio Justel Rodriguez.
Published on e-Stories.org on 10/22/2023.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "General" (Poems in portuguese)

Other works from Antonio Justel Rodriguez

Did you like it?
Please have a look at:


DE VLUCHT VAN HET LICHT - Antonio Justel Rodriguez (General)
Winter Day - Inge Offermann (General)
Good bye - Jutta Knubel (Emotions)