Paulo Correia

Lamento

Eu peo desculpa e lamento pelo transtorno causado .
Eu peo desculpa se fui motivo de desconfiana .
Eu nao ajudo ninguem , eu prejudico os outros .
Trato mal os que me amam , por vezes minto e no revelo akilo que realmente sinto .
Nao sei destinguir o certo do errado e o constrangimento .
Eu fao com a maior frieza porque nao conheo o sentimento e feixo-me no meu mundo opaco e medonho .
Vivo em cativeiro em pesadelo em vez de sonhos .
Os meus olhos sao pretos como a noite de inverno
Os meus olhos choram em tempo de chuva torrencial desecadeam uma angustia na existencia do mal em que eu quero ser feliz e imploro .
Eu sou triste e tambem choro .
Lamento por ter uma fraca personalidade e arrogancia
por ser tao rude sofro desde a minha infancia .
Peo desculpas por ser tao desajeitado .
Lamento se alguma vez fui mal educado
se falares comigo eu no te olho nos olhos
Eu nao vejo nada , so vejo um lago de amarguras eu esqueci-me do afecto carinho e amor .
O meu coraao nao aguenta de tanto ardor .
Peo desculpa por no conhecer a etica e os seus bons costumes .
Lamento se sou um sonhador .
Se escrevo e sou pessimo escritor .
Lamento se o jardim nao tem flores .
Peo desculpa e se a cidade nao tem rumores as rosas murcharam e os espinhos espetam .
Lamento se vosses mal me interpretam .

 

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Paulo Correia.
Published on e-Stories.org on 12/09/2005.

 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

Does this Poem/Story violate the law or the e-Stories.org submission rules?
Please let us know!

Author: Changes could be made in our members-area!

More from category"Emotions" (Poems)

Other works from Paulo Correia

Did you like it?
Please have a look at:

Good bye - Jutta Knubel (Emotions)
RENAISSANCE - Mani Junio (General)